quarta-feira, 17 de maio de 2017

para todas as amigas que precisam ler isso

Olha o quanto você cresceu...
ainda pode te marcar, pode fazer você chorar mas olha o quanto você aprendeu, o quanto tem a aconselhar e o quanto você tem para contar.
Menina, você tentou, fez tudo que podia. Você foi paciente, foi mãe, foi amiga, foi namorada, foi tudo mas se ele não deu valor, você sabe bem no fundo que foi ele quem perdeu. Ah menina, você uma hora vai conseguir esquecer ele completamente pois ele é apenas um cara e como sabemos você já teve outros caras antes. Garota, pare de lembrar o quanto ele te fez chorar, para quem ele deu o desenho quando foi você que pediu, quando ele falou do seu corpo, quando reclamava da sua atenção e principalmente quando jogava a culpa em você quando você só estava tentando ajudar. Sei que é difícil, mas esqueça, esqueça mesmo porque ele não lembra de você, então não faça questão de lembrar dele..
Deixe ele ir para que você possa ter essa liberdade que esta conseguindo aos poucos e a liberdade que sempre quis.
Não lembre quando ele te deu uma mau resposta quando você queria beija-lo, não lembre todas as vezes que ele te ignorou no whatsapp, não lembre quando ele só te procurava quando precisava, não lembre quando ele disse que ia trabalhar e te enganou, não lembre disso não, nada disso. Deixe ir o que te fez algum dia chorar, porque você vai lembrar da vez que fez algo incrível e ele nem considerou? Pra que? Para perceber que todo o amor que deu para ele nunca foi suficiente? Porque se for para isso eu mesmo digo a você que não foi e que suas lagrimas nem lembranças valem a pena ser recordadas conseguindo te fazer mau.
Deixe ele ir porque enquanto você doava o seu mundo para ele, ele fingia abraços apertados mas ficava com outra sem a menor consideração a você. Certo, ele nunca escondeu nada que você perguntasse, mas já pensou que o motivo disso talvez fosse porque ele queria ver você correndo atrás dele, porque ele queria ver você mau, porque ele nunca te deu importância.
Sabe qual a verdade? Você tem de aprender a olhar para a frente.Enquanto você lembra disso, ele ta sorrindo, transando e saindo com outra, ou melhor gastando dinheiro porque com você ele não podia mas com outras, sim ele pode.
Ele disse a você que era carência quando ficou com outra duas semanas depois de você? Querida, se toca, tudo tem um limite e se ele não colocou limite nele é porque ele quis, e quis muito, quis beber, se drogar, dançar, ficar com outra e te ignorar como sempre neh?
Vocês não tem uma foto juntas porque ele diz odiar foto, mas com outras ele deve tem milhares e todas com um sorriso que você sabe que é verdadeiro no rosto. Alias, isso faz lembrar o motivo dele colocar essas fotos de perfis, certo? Te dizer entre linhas que não te quer e que tem outras "melhores" para pegar.
Te digo garota, ele não te merece, merece mesmo não, e não estou falando isso para deixar você feliz e sim porque você bem no fundo ja sabe disso. Ele não merece seu esforço, muito menos seu tempo, o que você aprendeu você leva com a vida, agora essas coisas você guarda mas em algum lugar bem difícil de achar.
Pense apenas como você agora tem a liberdade, liberdade de voar, de ir e voltar, de deixar se levar, de não gostar de alguém.
Menina, vai que o mundo é teu e a felicidade apenas você é capaz de conseguir para tua vida. Esqueça esse paspalho que te ignorou na casa dele, que só ficou porque acho que você era igual as outras que ele fica, que sorria enquanto você chorava e nunca te apoio em nada. Vai com a consciência limpa porque você sabe que não errou sozinha, que deu o seu melhor. Você perguntou três vezes se ele tinha certeza da decisão dele e ele respondeu sim, ele teve a opção de te segurar mas ele deixou rolar, e só fez isso porque não se importa com você.
Segue teu caminho garota, porque os sonhos são muito e os caminhos que tem de seguir não é uma coisa fácil. Segue teu caminho porque você sabe que ele só te procurou quando precisou e se você estava ali para ajuda-lo está também para se ajudar a seguir, a viver e a se libertas.

Beijos, chuvisquei 

terça-feira, 16 de maio de 2017

Envelheço para a vida. Para a alma, jamais!

Não sou tão velho assim ou sou? Isso importa? A resposta é absolutamente simples: claro que não! O que importa não é idade cronologia, mas, sim, a idade da alma, aquela conectada ao sentimento puro do coração.
Estabelecida à conexão, posso, a partir de agora, acessar memórias que fazem dos pequenos momentos, momentos extraordinários. Da infância alegre, eternizada por sonhos de menino: futebol, bagunça, amores escolares. Claro, isso para nós. Para elas: bonecas, papéis de carta, príncipes. Estabeleci, talvez, a maior conexão comigo. Entendi que assim como os sonhos — aqueles da canção do Lô Borges —, que jamais envelhecem; a alma infantil fica intacta dentro de nós. Vai nos acompanhar até a eternidade. Nada mais leve, nada mais puro, do que acumular momentos; entender que somente acumulamos aquilo que amamos. A Infância, neste sentido, é um prato cheio.
Vamos subindo, saímos da fase mágica para chegarmos à adolescência. Posso dizer, sem medo, que essa fase também é única. Talvez nem tanto para os pais, coitados! Aqui trocamos a magia do abstrato, vivido na infância, por sentimentos reais, concretos. Buscamos respostas simples para perguntas nem tão simples. Quem somos? Para onde vamos? Como será o sexo? Confesso que a última dúvida é extremamente fascinante. Entretanto, fascinante é entender que nossas escolhas, aqui, vão nos dizer o que queremos e o que buscamos do mundo. Fato: infância, somada à adolescência, resultado: ensaio para a vida adulta.
Pois bem, chegamos… Chegamos ao momento crucial (fase adulta). Chegamos para seguir dois caminhos, apenas dois. São eles: o nosso caminho — baseado em tudo aquilo que sentimos e vivemos — ou o outro caminho — baseado e vivido — pela experiência que os outros vão querer nos impor? Só um detalhe: se o rio, mesmo nos piores cenários, encontra o mar; acredito, também, que possamos encontrar a nossa preciosa trilha — fica a dica.
Mundo chato, mundo sem opinião, não vou sentenciar. Todavia, digo, infelizmente, que: atualmente cultuamos e contemplamos a aparência. Cultuamos o ter ao ser; o egoísmo ao amor. Enfim, nunca estivemos tão conectados (mídias sociais), porém, nunca estivemos tão desconectados em relação ao que realmente importa. Pena não compreendermos que a dádiva maior nos dada é a vida disfarçada de alma. Algo interno e simples. Contudo, só a enxerga quem está conectado em praticar sentimentos simples, sentimentos solidários, sem aparências.
Leve a vida, sim, a sério. Só não se esqueça de apreciar a alma pura da infância que está oculta em você. Sem medo de errar, tenho comigo que: a contemplação da alma infantil amansa o universo e faz um milagre dentro de nós. Percorra o seu caminho com simplicidade, humildade e, claro, tenha ambição para conquistar suas metas. Disse ambição, por favor, jamais confundi-la com ganância e poder (erro comum daqueles que passaram a pintar a vida com uma só cor). Outro “simbólico” detalhe: valorize-se, sim, valorize-se. Digo isso, pois, enxergar a si próprio é o desafio mais complexo do ser humano, uma vez que não estamos acostumados a nos valorizar. Quando passarmos a entender isso, teremos uma possibilidade de decifrarmos uma das palavras de maior valor para os seres humanos: felicidade.
Onde há fé, há esperança. Onde há fé e esperança, há amor. E onde há fé, esperança e amor, haverá sempre a pureza infantil morando dentro de nós. Pureza que faz de nós seres livres, seres de luz, seres de sonhos, seres eternos…

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Sobre as pessoas

Lego, Boneca, O Por, Anfiteatro, As Pessoas, Os Dois


Sobre as pessoas... te digo que algumas vão te chatear, vão te fazer chorar quando você só soube dar motivos para o outro sorrir , algumas vão te ignorar quando na primeira chamada dela você estava lá, outras vão te deixar sem nenhuma explicação.

 Acontece que as pessoas são assim sabe? Elas fazem coisas que nem elas percebem quando fazem, elas fazem coisas que não fariam a quem odiasse mas faria com quem as ama.

As pessoas, vou te falar, algumas vão ser seu pior pesadelo, mas vão ter outras que vai fazer você sorrir de uma maneira fácil que você nunca chegou a imagina, vai ter aquelas que vão estender as mãos para você, aquelas loucas que vai fazer as palhaçadas para você sentir bem.

 As pessoas são assim... umas boas outras nem tanto, umas que você vai amar e elas sempre vão estar sempre com você e outras que vão fugir da sua vida sem você ter feito nada de errado. Vão ter umas que você só vai guardar na memória porque percebeu que na vida elas já se foram. Vai ter umas que você vai sentir vontade de afastar porque elas vão te fazer tanto mau que vai atrapalhar a sua vida, outras que vão te fazer tanto bem que seu passo será maior do que imaginado.

 Sobre as pessoas, umas você vai querer levar para o resto da vida, mas vai perceber que não vale a pena, outras você não vai querer leva-las mas vai perceber que o futuro sem elas não tem solução. As pessoas que você escolher levar pelo seu caminho vão te decepcionar as vezes mas vai ser pelo seu bem, outras vão tirar algo inimaginável mas que mesmo assim você vai perdoar porque depois nada disso vai importar.

As pessoas são assim, algumas loucas, falsas, outras verdadeiras e intensas, cabe você escolher o que levar

Beijos chuvisquei 

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Desconecte

Bebê, Sorriso, Mamãe, Mãe E Filho, Família, AlegriaEstava na loteria quando a atendente parou de me atender para mexer no telefone, e ai comecei a observar melhor tudo que estava acontecendo ao meu redor.
Um grupo de amigos na lanchonete e todos no telefone, na sala de aula 90% dos alunos no telefone, pessoas dirigindo no telefone, e para melhorar um casal se beijando haha a garota no telefone e o garoto curtindo o momento sem nem notar.

Quando foi que o telefone começou a fazer parte de um órgão humano?

Porque percebi que é isso que vem acontecendo e até comigo mesmo. Dizem que a comunicação se tornou mais fácil, mas como? Pelo telefone?

 Por isso, esclarecendo eu mesma fiz um acordo comigo mesma, mexer no telefone cinco vezes por dia.

Isso mesmo, enquanto a gente está cercado de redes, nossa vida esta passando, estamos perdendo a saúde, o amor, os verdadeiros sentimentos, o sorriso e mais ainda estamos perdendo os amigos próximos para lar lugar a conversar no wpp, que não terão lembranças tão boas nem vividas.

Desconecte.

 Pode ser por um dia, pode ser por a semana, experimente viver e sentir o que a vida está oferecendo. Não saia com o telefone, permita-se sentir o ar no seu rosto, o cheiro das flores da praça, conhecer novas pessoas olhando nos olhos dela, sentir a ondas do mar.

Permita-se viver cada instantes dessa vida sem passar ela conectado o tempo todo.

Vai la, largue o telefone e vai dançar no meio da rua, ouvir a musica da loja que vende aquelas roupas que você tanto deseja, fotografe mil por dos sol diferente.

Bjs, chuvisquei 

quarta-feira, 5 de abril de 2017

os monstros são nós mesmo


Quando somos crianças temos medo de monstros, criamos na nossa imaginação coisas verdes ou marrons assustadoras que fazem termos medo e ir para cama cedo ou obedecer tudo que a mamãe e o papai diz.

Te digo, os monstros são nós mesmo, os monstros vivem dentro de cada um de nós.
O monstro que o papai falava, ele existe. Acredite, existe sim, ele te faz ter medo de pular de paraquedas, ou de ligar para a mina que você está de olho a tempo.
O monstro somos nós porque nos o criamos, obvio que tem a ajuda dos nossos pais, tias, avós que colocaram isso na gente.

Os monstros existem porque são eles que riem quando desenhamos uma vaquinha colorida ao invés de branca, marrom ou preta, os monstros existem porque eles nos colocam medo de sermos nós mesmo, os monstros são aqueles que te fazem sentir triste em um dia que deveria ser o mais feliz da sua vida.

Os monstros somos nós mesmo porque colocaram na nossa cabeça que eles existiam e que se não obedecêssemos quem era o "melhor" eles iriam nos pegar e levar para seila para onde. Os monstros somos nos porque a gente ouve quem não deveria e com isso perdemos a vontade de criar ou viver com a intensidade que gostaríamos.

Os monstros somos nos mesmo porque você deixa ele ser. Os monstros podem ser vencidos, eles querem ser vencidos, eles desejam morrer porque eles também, querem te deixar em paz. Vença os monstros que criaram por você, passe por cima deles e grite ao mundo "mateiiii ooo monstro em mim".

Deixe sua vida mais leve sem essa coisa capaz de te ferir e sentir medo.

Beijinhos, Chuvisquei  XD

quarta-feira, 29 de março de 2017

Deixe ir


Esse post é feito justamente para as pessoas que se apegam fácil demais e depois ficam querendo se dar um tapa na cara por isso. Vou dá duas palavrinhas que espero que mude sua vida agora. 

Deixe Ir 

Deixe ir, porque ninguém é obrigado a ficar na sua vida, se você deu a felicidade, o amor ou atenção que acha ser suficiente e o outro não deu valor, DEIXE IR.  

Deixe ir, porque quando você implora por coisas que o outro não quer dar, você passa por chato, imbecil, ciumento e até mesmo outras coisas que não tenho ideia, mas que vai passar pela cabecinhas de vocês.  

Aprendi que nada nesse mundo se implora, então deixe ir aquele que não quer está com você, que enquanto você procurava uma alavanca para mover o mundo, ele(a) estava apenas procurando uma coisa para fazer ver suas lágrimas rolando.  

Deixe ir, quem não te quer por perto ou te ignora quando você mais precisa de alguém para conversar, que acha todos seus defeitos e esquece de te elogiar o que todos acham belo em você.  

Deixe ir quem tira a sua paz, quem tira mais lágrimas do que sorrisos, quem impede de apoiar você em seus sonhos, quem diz que te ama mas no fundo não faz nada para provar isso. Deixe ir, porque o mundo te espera, o universo é todo seu, e saiba que uma hora você vai ter a certeza que deixar para trás foi a melhor coisa que soube fazer.  

Deixe ir, porque depois você vai saber olhar para trás e ver o tanto que aprendeu e cresceu, você vai ver que tudo era pequeno demais e você soube lidar com perdas que achou ser incapaz de superar algum dia. 

segunda-feira, 27 de março de 2017

7 Maneiras de identificar um falso amigo e reconhecer os amigos verdadeiros

Você já deve ter encontrado algumas “pessoas tóxicas” ao longo da vida e pode ter demorado bastante tempo até perceber o mal que aquele “amigo(a)” te fazia…
Para te ajudar a se prevenir e evitar que novas “amizades tóxicas” te suguem as energias,aprenda como identificar um amigo falso e reconhecer os verdadeiros amigos!
Um amigo falso e maldoso é mais temível que um animal selvagem; o animal pode ferir seu corpo, mas um falso amigo irá ferir sua alma.
Buda
Por outro lado, os verdadeiros amigos conhecem a empatia e sabem aplica-la, pois conseguem compreender os seus sentimentos e estão sempre prontos para te ajudar a ultrapassar os momentos difíceis ou tornar os seus dias de alegria ainda mais divertidos!

2. Tem sempre a razão

Os falsos amigos insistem que estão constantemente corretos e não estão abertos para aprender ou ver as situações sob um outro ponto de vista.
Os amigos de verdade apreciam o enriquecimento que o debate sobre determinado assunto pode trazer, estando assim sempre dispostos a entender a perspectiva do próximo, mantendo a “mente aberta” para novas ideias e interpretações sobre os diferentes temas.

frases de amizade

3. Apenas te procura quando precisa de algo

Os chamados "amigos" tóxicos podem passar semanas sem entrar em contato contigo (às vezes nem um parabéns de aniversário você recebe), mas basta precisarem de uma grana emprestada que de repente lembram do “melhor amigo”… Tsc, tsc.
Verdadeiros amigos estão sempre por perto, especialmente quando estão felizes e satisfeitos com as suas vidas, desejando apenas compartilhar contigo os bons momentos ou te apoiando nas barras mais pesadas. 

4. Tenta mudar o seu jeito de ser

Os amigos tóxicos não irão te aceitar do jeito que você é. Criticarão o seu modo de ser apenas por não acharem adequado a vontade deles próprios. E por mais que pense que eles “só querem o melhor” para você, a verdade é que desejam que você se encaixe no padrão e estilo de vida deles. Os amigos tóxicos não ligam para a sua personalidade, excentricidade e peculiaridades, a única coisa que pensam é em moldar a sua vida para que se ajuste a vontade deles.
Já os verdadeiros amigos só querem te ver feliz, pois conseguem compreender que cada indivíduo tem a sua personalidade e que as características de cada pessoa devem ser valorizadas. O importante para a amizade são os valores que o indivíduo carrega consigo, não a cultura, religião, orientação sexual ou o gênero da pessoa, por exemplo…

frases de amizade

Lembre-se: os verdadeiros amigos não tentam anular o próximo, mas sim buscar a adição na relação, fazendo com que seja uma troca mútua e saudável de vivências.

5. Tem ciúmes das suas conquistas

Como dito, as amizades tóxicas são egoístas, por isso essas pessoas nunca conseguirão ficar verdadeiramente felizes por você quando veem o seu sucesso. As falsas amizades não se importam com o seu progresso na vida, mas apenas em sentirem-se superiores ao demais.
Os verdadeiros amigos, como era de se esperar, ficam tão ansiosos e animados com o seu sucesso, como se fossem deles próprios! Saiba reconhecer o apoio das pessoas que torcem verdadeiramente por ti!

frases de amizade

6. Não gosta que você tenha outros amigos

Normalmente, as pessoas tendem a ter mais do que um amigo ou gostam de sair com diferentes colegas, certo? É saudável manter uma variedade no seu grupo social… Mas, como é de se esperar, os amigos tóxicos não vão entender isso e farão de tudo para te prender e evitar que você desenvolva amizades com outras pessoas.

frases de amizade

7. Tenta consumir 100% de todo o seu tempo

Mais uma vez o “controladorismo” dominando a relação… Os “amigos” tóxicos simplesmente não compreendem que todos nós precisamos de algum tempo sozinhos, principalmente para descansar ou para termos um momento de reflexão.
Os verdadeiros amigos, por outro lado, por mais que apreciem a sua companhia, sabem que você precisa de um tempo longe deles. É normal e saudável para a relacionamento de amizade de vocês.
O amigo é a resposta aos teus desejos. Mas não o procures para matar o tempo! Procura-o sempre para as horas vivas. Porque ele deve preencher a tua necessidade, mas não o teu vazio.
Khalil Gibran
Leia também:




quarta-feira, 22 de março de 2017

Os cinco filmes que mudaram minha vida

Não sei se alguém sabe, mas estou formando para cinema e para comemorar não sei bem o que, talvez uma conquista que estou indo muito bem no tcc, já tenho 4 páginas de 15, resolvi fazer um post sobre cinco filmes que mudaram minha vida e além disso, depois de ver "Piratas da informática", e "os estágiarios" pela vigésima vez, e Mr.nobody pela 2284298420° vez, resolvi que seria a hora de mudar minha plataforma haha
vocês podem conferir aqui

Então vamos falar de filmes, galera ...

Mr.Nobody



 Meu filme favorito que vi mais de 170 vezes haha. Esse filme conta a historia de Nemo, uma pessoa que acorda no futuro e não lembra de onde vem, nem quais foram suas escolhas quando era criança e jovem. Sabe aqueles filmes que você vê de primeira e já gosta de cara? Mr.Nobody foi esse, fala sobre nossas escolhas, as consequências, futuro, passado e presente. Para melhorar ainda o filme, ele tem informações muito legais, ligadas a tempo, coincidências, anjos e claro eu amo tudo isso.



Sociedade dos poetas mortos


Se alguém nunca ouviu falar desse filme? Está na hora de desligar-se de tudo e ver.. Esse filme sempre foi uma inspiração, principalmente com duas palavrinhas que sempre amei,"carpe diem". Ele narra a vida dos estudantes de uma escola que tem como pilar a honra, excelência, tradição e disciplina. Então chega um professor que dedica a fazer eles a pensarem por si próprio, conhecendo a poesia, a paixão e vocês tem de ver esse filme.



O dia em que vi seu coração

Ok, sobre esse filme... eu vi não tem tanto tempo como os outros mas ameiiii.. Ele conseguiu realmente mexer comigo, a historia consegue ser simples e nos pegar de um jeito que não esperamos nunca. Ele narra basicamente a vida de uma família, para ser mais especifica a vida de um pai e uma filha que não são muito próximos mas também não deixam de ser distantes. É um filme que conseguiu nos pegar de jeito, acho que gosto dele porque me faz entender como as coisas são tão simples e tão boas mas as vezes não conseguimos enxergar. Vale a pena.


Medianeras

Vi esse filme por acaso e não me arrependi. Se passa em Buenos Aires e mostra como as coisas vem acontecendo, como a cidade vem crescendo e dando lugar a publicidade, a comunicação virtual, e quase nada do "sol" aparecer. Nesse filme tem como principal dois personagens, um homem e uma mulher que tem vida levam uma vida diferente mas acaba sendo semelhantes mesmo que eles não se conheçam. Esse filme conseguiu mexer muito comigo, gostei muitooo não apenas da história mas também das pequenas observações que podemos ter através deles.



Os estagiários

Filme de 2013, ele conseguiu me fazer apaixonar pela narrativa. Engraçada e emocionante conta a história de dois amigos que depois que descobrem que estão desempregados resolvem tentar um emprego como estágiarios do google. O filme mostra como os jovens e os mais velhos podem se juntar para trabalhar em equipe e mais importante no passa uma informação maravilhosa: saber aproveitar o agora mas não deixar de pensar no futuro. Vale a pena

Espero que gostem, que vejam todos, que comentem, que sejam felizes com muita pipoca e vendo os meus filmes favoritos, ou melhor, o que mudaram algo na minha maneirinha de pensar.
xoxo
até quarta que vem. 

segunda-feira, 20 de março de 2017

O cachorro é o grande desafio moral de nossas tempos

“Todos os animais foram dotados de recursos naturais para se defenderem e para, desde pequenos, sobreviverem, só o homem vem ao mundo frágil, e nele permanece assim”. Essa frase é a rainha de uma péssima antropologia. Essa antropologia é a base do que o filósofo alemão Peter Sloterdijk tem chamado de Internacional Miserabilista. Do que se trata?
A Internacional Miserabilista é uma expressão que parodia o nome Internacional Socialista. Neste caso, tratava-se do agrupamento de partidos comunistas no mundo (existiram basicamente quatro Internacionais, contando de Marx a Trotski). A Internacional Miserabilista seria, então, o agrupamento de partidos que trabalham sempre considerando a antropologia que toma o homem como naturalmente pobre de recursos. Nessa linha, baseia-se o grande leque de pensamento que se recusa a ver no homem sua riqueza, seu plus, sua capacidade de ascetismo e esbanjamento. Essa recusa permite desenhar o homem como uma vítima a mais no mundo. Nessa linha, o homem nasce pobre e sempre está pobre. Os recursos sempre faltam. O homem não pode ajudar o outro homem, pois o que dá irá faltar para ele mesmo. O homem pode ajudar outro, mas na base da caridade de tirar da boca de seus filhos — e assim por diante é constrói-se um choro universal.
Segundo esse tipo de pensamento, o homem é ser de defesa. Precisa se defender. Assim, teria desenvolvido a inteligência não como um dom, mas como uma necessidade, uma revanche contra a pobreza natural, contra a sua falta de proteção. O homem é o animal sem pelos. O caniço andante de Pascal. Tadinho do homem! Marx descobriu o que poderia reverter isso, o fato do homem no regime capitalista produzir mais-valia, e não percebeu que isso desmentia toda a antropologia da Internacional Miserabilista, e então sucumbiu rápido à ideia de que tal coisa não teria sido o exemplo maior do homem como não pobre e não vítima. Marx não levou a sério a palavra “plus”, quando colocou O Capital no francês. Caso tivesse feito isso, teria encostado melhor em Bataille e Nietzsche, e acertado bem mais.
Sendo o homem pobre e estando ele sempre na defensiva, inauguramos por essa antropologia uma justificativa para uma moral que faz de nós aqueles que ganham direitos de ataque a tudo que nos rodeia. Essa moral estaria baseada nessa situação própria, essencial. Mas não é bem isso. Na verdade, a moral poderia ser pensada, para ser moral, pela ideia da liberdade do homem de, sendo rico, principalmente pela sua capacidade mental desenvolvida, de não se colocar diante dos animais como se fosse pretensamente fraco. Pois não é. O homem diante dos animais se porta como algoz, e cria uma moral torta que o faz acreditar que está diante de monstros. Quando saímos na rua, notamos bem isso. As pessoas se mordem umas as outras, mas nunca perguntam se isso vai ocorrer, o que fazem é perguntar para dono do cachorro ao lado “ele morde?”. Sempre respondo: “a senhora morde, ele nunca”. Mas o homem é o fraco, e o cão, que só o ama e não sabe de nenhuma má intenção, está ali de inocente, não faz ideia que estão falando dele como um algoz. Essa inversão é permitida pela antropologia do homem fraco, a visão que dá guarida para a Internacional Miserabilista.
“Não, minha senhora, seu filho pode chutar o cão, seu filho é um crápula, não o meu cão”. Meu cão é sempre aquele que não sabe que está diante do homem, este ser que tem a moral da desculpa. Nenhum cão merece ter focinheira, pois nenhum deles é “bravo”; ele é o que o homem, o dono da moral da covardia e da traição, faz com ele. Os cachorros precisam de um regime punitivo de uma vida toda para se tornarem agressivos. Esse regime não é feito por cães.
O ataque de um homem a um cão é um falta moral gravíssima. O desleixo do homem ao cão já é também uma falta moral. Pois o cachorro espera o cuidado do homem. O cachorro viveu com o homem quando ele não era ainda cão e o homem não era homem, e nessa época foi gerado em simbiose um laço que se transformou em laço fisiológico-psíquico. Quando o homem domesticou o cão, bem mais tarde, o cão não havia esquecido tal laço, mas o homem sim. Aos poucos o homem parece perceber tal laço. Algumas pessoas, então, trazem o cães para casa, e sabem que ele faz parte da família. Os cães não são humanos, mas eles nos educaram para que chegássemos a ser os humanos que somos. Todavia, permaneceram eles próprios quase humanos, embora infantis. Querem o cuidado que tínhamos com ele, em ressonância que se tornou física, do tempo das cavernas. Por isso, se levam um chute nosso, voltam a nos agradar. Assim fazem mil vezes, em relação ao dono. Pois nos tomam como irmãos, como parentes. Há homens moralmente superiores que percebem isso. Há os que não percebem. Esses que não percebem, precisam da lei para que percebam, uma lei rígida que quebre com a hegemonia do pensamento da Internacional Miserabilista.
Nossa humanidade dará um passo quando começarmos a nos responsabilizar pelos cachorros, devolvendo amor a eles, jamais traindo a expectativa deles em relação a nós. Atacar um cachorro é uma falta moral muito mais grave que atacar um homem, pois é sempre uma emboscada, uma covardia. Não ajudá-lo é a mesma coisa.
O reconhecimento dessa expectativa do cachorro em relação a nós não é “especismo”, é o primeiro passo para olharmos para outros animais com a perspectiva ampliada, que virá um dia a ser hegemônica. Pois a antropologia da Internacional Miserabilista está errada. E há de cair.
Paulo Ghiraldelli, 59, filósofo. São Paulo.

quarta-feira, 15 de março de 2017

Se tiver de ser, vai ser


O universo tem essa mania boa de querer a gente bem, e ele te trás o que você realmente precisa e quando precisa.

Não reclama se você distanciou do amigo, porque o universo vai lhe trazer outros e se não, pode apostar que seu amigo uma hora vai voltar a fazer parte de sua vida.
Não reclame se tudo nesse momento está sendo ruim, porque até nas piores situações tiramos aprendizados, ou melhor são elas as que mais ensinam.

Acredito que fazemos coisas que fazemos porque no fim tudo tem um propósito, tudo tem uma lição para nos fazer crescer espiritualmente e mentalmente.

Seja feliz, mostre o sorriso ao mundo aconteça o que acontecer porque se até a alegria acaba, imagina a tristeza? Acaba mais rápido ainda.

Pense que tudo acontece por algum motivo, você tem apenas de confiar e acreditar em si, e no universo.

Acredite ele te quer bem.